Endereço: Av. Tijucussu, São Caetano/SP 

© 2018 por Instituto Brasileiro de Expedições Sociais/ Projeto Canudos. Todos os direitos reservados.

Professor da FSA, Disraeli Rocha integra expedição internacional do Projeto Canudos no continente africano

04.07.2017

Docente do curso de Enfermagem da Faculdade Santo Agostinho, o professor Disraeli Rocha integra, durante os meses de junho e julho, uma expedição a países do continente africano, coordenada pelo Instituto Canudos. A iniciativa “Projeto Canudos: Expedição África” visa levar a países do continente o modelo de assistência comunitária implementado desde de 2011 através do Projeto de Extensão Canudos, realizado pela Universidade Metodista de São Paulo em parceria com o Instituto Brasil Solidário, a FSA e outras cinco instituições de educação do Brasil.

 

Durante a expedição que teve início em Maputo, capital de Moçambique, o professor Disraeli acompanha o idealizador e diretor do projeto Victor Hugo Bigoli. Um dos objetivos da expedição é viabilizar parcerias com ONGs e instituições que desenvolvem projetos no continente, a fim de reproduzir ações do Projeto Canudos nos locais visitados. A equipe já participou de reuniões com representantes de ONGs locais que trabalham com crianças, idosos, administradores de creches e hospitais, além de médicos do Unicef que realizam o trabalho de vacinação de crianças em cidades do interior de Moçambique.

 

Segundo o professor Disraeli, a equipe ainda se reunirá com representantes da organização Médicos Sem Fronteiras e líderes de igrejas que fazem trabalhos comunitários. “Nosso objetivo com a expedição é diagnosticar problemas e ver a possibilidade de retornar, no final do próximo ano, com uma equipe maior e multidisciplinar para trabalhar em um hospital rural”, explica o docente. Além das visitas para avaliação, os integrantes do grupo conheceram ainda uma organização chamada Casa da Alegria, que presta reforço escolar, alimentação complementar e realiza atividades físicas com crianças de uma das comunidades mais carentes de Maputo. “Nossa ideia é, futuramente, implantar na FSA um projeto de voluntariado para que os alunos desenvolvam esse tipo de trabalho durante as férias”, finaliza Disraeli.

 

Confira aqui a participação dos alunos e professores da FSA na edição 2017 do Projeto Canudos.

 

Link original aqui

 

 

Share on Facebook
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procurar por tags
Arquivo
Please reload