Endereço: Av. Tijucussu, São Caetano/SP 

© 2018 por Instituto Brasileiro de Expedições Sociais/ Projeto Canudos. Todos os direitos reservados.

Projeto Canudos se prepara para mais uma ação

18.06.2016

Novidade desta edição é a parceria com a Faculdade Santo Agostinho do Piauí

 

Pelo quinto ano consecutivo, a Universidade Metodista de São Paulo, em parceria com outras instituições de ensino, encaminha alunos e profissionais ao município de Canudos, na Bahia.

 

Além da Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), foram contemplados dois alunos do Centro Universitário Fundação Santo André e um aluno da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Em 2016, o Projeto conta com o apoio da Faculdade Santo Agostinho (FSA) do estado do Piauí, que encaminhará seis alunos e dois professores. Também foram selecionados dois profissionais externos.

 

A equipe multidisciplinar conta com estudantes e profissionais dos seguintes cursos: Biomedicina, nutrição, enfermagem, engenharia ambiental e sanitária, engenharia elétrica, gestão ambiental, psicologia, pedagogia, medicina, biologia, terapia ocupacional, farmácia, gastronomia, odontologia, medicina veterinária, serviço social, jornalismo, rádio, tv e internet, comunicação mercadológica, administração e geografia.

 

Além da equipe das ações de junho e julho, que realizarão ações nos vilarejos de Canudos Velho, Rasinho e Rio do Vigário, todas no município de Canudos, já foram selecionados os participantes que irão na viagem precursora de outubro e no Natal de Canudos.

 

Para o prefeito do município, Genário Rabelo (PSD), o Geo, as ações são relevantes pois atendem às localidades mais carentes. “Esse projeto é completo, porque ele faz prevenção, identificação de quem tem problemas de saúde e depois retorna dando atenção a esses pacientes”, constata.

 

Este ano, o Projeto Canudos terá todo apoio da prefeitura em infraestrutura, alimentação e transporte. O vereador Rômulo Rebelo (PSD) disse que, tanto entre a população como entre os políticos do município, o Projeto é visto com bons olhos, “pelos benefícios às regiões carentes, por não visar retorno financeiro e ser somente pelo amor à profissão daqueles que se deslocam até Canudos.” Rômulo, que é formado em fisioterapia, ressalta a importância do projeto na vida acadêmica, pois segundo ele, a atuação põe o aluno em contato com o paciente e já traz a noção de como será o futuro na profissão.

 

Para o diretor-geral, Victor Hugo Bigoli, a participação de outras instituições e de diferentes localidades enriquece o Projeto. “O mais importante é que, além da troca cultural que ocorre com os moradores de Canudos, os alunos conseguem realizar isso com os próprios colegas, inclusive de áreas”, relata.

 

Este ano, por exemplo, a área de Saúde Mental conta com representantes da Metodista, Fundação Santo André, FMABC, FSA e profissionais do Paraná e Acre. Para a coordenadora da área, Gleise Sales Arias, a equipe está cada vez mais fortalecida por conta de todo trabalho desenvolvido durante o ano com grupos de estudos, pesquisa e publicação de material científico. “Nossa atuação continua a ser pautada na prevenção de doenças e promoção à saúde na comunidade”, disse. A equipe de Saúde Mental trabalha as potencialidades da comunidade, visando o desenvolvimento psíquico saudável e a atuação nos conflitos interrelacionais.

 

Com a viagem se aproximando, todos os participantes estão vendendo doces e rifas, além da arrecadação de alimentos e materiais escolares que serão utilizados durante todo o período do Projeto. As doações estão centralizadas nos campi Planalto e Rudge Ramos da Universidade Metodista.

 

 

Serviço
Saída dos alunos e coordenadores SBC - 25/06 às 13h
Ações de 27/06 a 08/07


Doações:
Faculdade da Saúde Metodista - Campus Rudge Ramos - Rua Alfeu Tavares, 149
Coordenação Projetos de Extensão - Campus Planalto - Av. Dom Jaime de Barros Câmara, 1000

 

 

 

Share on Facebook
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procurar por tags
Arquivo
Please reload