Fundação participa mais um ano do Projeto Canudos

02.06.2016

Visando a melhoria de qualidade de vida e diminuição das diferenças sociais, o Projeto Canudos irá atuar pelo quinto ano consecutivo na comunidade de Canudos Velho, na Bahia. A equipe de aproximadamente 60 pessoas, formada por profissionais e estudantes de diversas áreas, embarcam no dia 25 de junho em uma viagem de quase dois dias para levar saúde, educação, comunicação e cultura àqueles que mais precisam.

 

O Projeto tem uma parceria com a Fundação Santo André desde o segundo ano de atuação e a área da Psicologia é coordenada pela professora Gleise Sales Arias, que sempre leva estudantes do curso para atuar na comunidade. Em 2014, Agnes Varandas Gonzaga participou como aluna e atualmente está no quinto ano. Em 2015, quem colaborou com as ações na área foi a estudante Aline Ribeiro Borges. Este ano, a Fundação tem chances de encaminhar outros três alunos, sendo eles Karoline Torres e Yago das Neves do último ano e Bruna Melo do quarto ano.

 

Segundo a coordenadora Gleise, afirma a importância da compreensão dos alunos sobre a diversidade sociocultural brasileira. “A participação traz aprimoramento técnico, auxiliando o aluno a desenvolver uma lógica de trabalho interdisciplinar, o que permite uma visão integral do ser humano. Precisamos ampliar as nossas práticas para além do nosso contexto pessoal e trabalhar com os muitos ‘Brasis’ existentes”, ressalta.

 

A equipe de psicologia na comunidade de Canudos Velho trabalha as potencialidades da comunidade, visando o desenvolvimento psíquico saudável e a atuação nos conflitos interrelacionais. Durante as duas semanas de atuação, são realizados atendimentos clínicos individuais e em grupo, rodas de conversas, capacitações, além da escuta e orientações aos moradores durante as visitas domiciliares. Também são realizadas atividades psicoeducativas em conjunto com a escola da região, sendo que a maioria dessas ações acontece de forma multidisciplinar, participando também alunos das áreas de pedagogia, letras e educação física.

 

O projeto surgiu dentro da Universidade Metodista de São Paulo e todos os anos realiza parcerias com instituições de ensino, como a Fundação Santo André. Em 2016, as parcerias firmadas foram com a Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), que irá encaminhar 15 alunos da instituição, e com a Faculdade Santo Agostinho do Piauí, que cederá dois professores e oito alunos de diversos cursos. A equipe do Piauí se deslocará de ônibus diretamente à Canudos, enquanto os outros participantes sairão de São Bernardo do Campo dia 25 de junho.

 

Arrecadação
Como o Projeto atua de forma voluntária, os recursos para a viagem ainda estão pendentes. Pela primeira vez, a coordenação decidiu disponibilizar no site Vakinha uma forma de arrecadação.


Os interessados devem acessar https://www.vakinha.com.br/vaquinha/projeto-canudos. O site permite que seja doada qualquer quantia, podendo ser paga via boleto ou cartão de crédito.

 

 

Share on Facebook
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procurar por tags
Arquivo