Canudos: paixão à primeira reunião

Desde que entrei na faculdade em 2011, escuto os colegas dizendo sobre o Projeto Canudos, e a cada ano que passava minha vontade em participar só aumentava. Minha meta antes de concluir o curso era participar do Projeto, então quando houve a oportunidade logo me inscrevi Não sabia ao certo como seria, nem mesmo o que encontraria por aqui. Na primeira reunião com o coordenador Victor, me apaixonei completamente, era exatamente isso que eu queria. Pensava chegar em Canudos e mudar o “mundo”, mas ao chegar pude perceber que mudar o mundo não seria possível, mas o pouco que fazemos por eles, transforma o nosso mundo. Me impressionei pela simplicidade e felicidade com que as pessoas vivem aqui, não é preciso ganhar muito pra viver bem. Pude perceber que a população de Canudos apesar de viver bem, está desassistida na área da saúde, a unidade de saúde mais próxima fica há 8km e passa a maior parte do tempo fechada por inúmeros problemas. Portanto, o local mais próximo é em Canudos Novo há 22km de Canudos Velho. Durante 15 dias de atendimentos, pegamos algumas intercorrências e emergências com os pacientes, como por exemplo crises hipertensivas e crises convulsivas. Deste modo me pergunto, como a população faz durante o período em que não estamos aqui? Já que a grande maioria não possui telefone para pedir socorro. Outra dificuldade aqui é o transporte, pois não tem ônibus para levar os moradores às cidades vizinhas. Geralmente eles fretam moto e/ou carros, porém podemos pensar que a maioria das famílias vivem apenas com o dinheiro de benefícios, como por exemplo, o Bolsa Família. Apesar de todas as dificuldades levarei esses momentos pra sempre, tanto na vida pessoal quanto profissional. A troca de experiências foi fantástica, a inter e transdisciplinaridade me surpreendeu e com certeza foi um dos pontos mais positivos do projeto; saber valorizar cada profissão e perceber que precisamos uns dos outros foi maravilhoso. Me sinto completa no final do projeto, acredito que consegui contribuir um pouco para essa população tão especial, fiz amigos e com certeza levarei pra sempre em meus pensamentos e no coração.


#2014 #Enfermagem #Diário

Posts Recentes
Procurar por tags
Nenhum tag.
Arquivo