Endereço: Av. Tijucussu, São Caetano/SP 

© 2018 por Instituto Brasileiro de Expedições Sociais/ Projeto Canudos. Todos os direitos reservados.

Canudos também é minha casa

Sou apaixonada pela ideia de Projetos de Extensão desde o meu primeiro ano de faculdade, quando uma professora me relatou suas experiências durante o Projeto Rondon, porém só no último ano da faculdade tive a oportunidade de realizar esse desejo.

Desde a confirmação da minha participação até a chegada em Canudos Velho foram dias de expectativa e ansiedade. Expectativas do que encontrar e do que poderia contribuir para a comunidade.

Chegar aqui foi uma sensação incrível. Em grande parte por conhecer as mainhas. Elas superaram todas as expectativas, principalmente minha mainha Zefinha. Conhecer essa mulher incrível foi de longe uma das melhores experiências desse Projeto.

Minha atuação no Projeto foi basicamente atuar numa pequena farmácia que improvisamos. A princípio imaginei encontrar uma comunidade com vários problemas de adesão medicamentosa, mas logo no primeiro dia me surpreendi. Encontramos na sua maioria uma população bem instruída com boas noções do uso correto das medicações.

A maior dificuldade estava na população analfabeta e idosa pois essas pessoas se confundiam. Tentamos resolver este problema construindo caixinhas organizadoras de medicamentos para cada paciente. Essa foi uma das melhores experiências do projeto, pois construir as caixinhas com muito carinho e cuidado e receber todos esses sentimentos em dobro pelos pacientes será algo que nunca esquecerei.

Outra experiência curiosa foi aprender sobre os remédios caseiros da população. Como chá de semente de coentro para o estômago, o de amora para menopausa e o de cana para pressão. Essas foram apenas algumas das curiosidades que aprendi nessa comunidade. Mas, de fato a experiência que mais me marcou foram as visitas domiciliares. Conhecer mais a fundo a rotina e as histórias dessas famílias, principalmente da região da Fazenda Chora Menino, me marcaram de maneira sem igual.

Durante todos esses dias que estive em Canudos Velho, posso dizer que conheci pessoas incríveis, criei laços e vivi histórias que ficarão marcadas por toda minha vida. Tenho muito a agradecer a todos os integrantes do Projeto Canudos principalmente ao Victor e ao Edgar pela oportunidade de estar aqui neste lugar que agora ocupa uma posição especial no meu coração.

Cresci muito como pessoa e como profissional. O Projeto Canudos e a comunidade foram uma grande escola. Voltarei para São Paulo com um grande aperto no coração, pois independente do que aconteça, aqui e agora também é a minha casa.

 

 

Share on Facebook
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procurar por tags
Arquivo
Please reload