Endereço: Av. Tijucussu, São Caetano/SP 

© 2018 por Instituto Brasileiro de Expedições Sociais/ Projeto Canudos. Todos os direitos reservados.

Região do Rio do Vigário recebe atendimento domiciliar

01.07.2013

A cidade de Canudos possui muitos vilarejos carentes. A proposta inicial era que os atendimentos fossem realizados apenas no povoado de Canudos Velho. A coordenação do projeto sentiu a necessidade que os moradores da região Rio do Vigário também estivessem inseridos no Projeto Canudos. No dia 28 de junho a equipe se dividiu. Alguns deles ficaram na região de Canudos Velho e os outros se deslocaram para o local, que é mais conhecido como Fazenda Chora Menino, pela quantidade de crianças que nascem todos os anos.

 

No local há cerca de 40 casas. O atendimento foi através de questionários para que a equipe pudesse conhecer a realidade daquela região que fica há 10 km de Canudos Velho. São questionários baseados no Programa Saúde da Família (PSF). Os grupos foram divididos de forma que houvesse uma variedade de profissionais em cada casa que o questionário era aplicado. Só depois da aplicação é possível conhecer as necessidades locais e de que tipos de profissionais necessitam.

 

Quando um grupo de alunos visita comunidades tão diferentes se dá o choque de realidade, mas a percepção maior é, principalmente, na diferença de culturas. Alguns itens que nos trazem conforto na rotina diária muitas vezes não faz parte do povo, como por exemplo, banheiros. Para eles não há necessidade já que ainda fazem tudo de forma muito mais natural. Até mesmo a energia elétrica que há oito meses começou a chegar no vilarejo, faria diferenças enormes na vida do habituados com ela. Os alunos também perceberam que por mais que sejam profissionais importantes a ser recebidos nos locais, muitas vezes não são necessários, porque a exemplo de um médico, os canudenses de Rio do Vigário curam suas doenças com chás e ervas. O estudante de medicina José Gabriel Suzuki explica a questão da não-necessidade de ser recebidos “Muitas vezes nos sentimos super-heróis, pois trazemos paradigmas, achando que têm obrigação de nos receber”. Todos perceberam que estão ali mais para aprender do que para atender.

 

O saldo final foi positivo: o que era para ser feito em dois dias, os alunos conseguiram em apenas um. Na segunda-feira (1º/07) os atendimentos serão realizados na Fazenda, sendo assim deslocadas as equipes de médicos, odontologistas, biomédicos, fisioterapeutas, educadores físicos, entre outras.

 

Como o projeto inteiro é fortalecido com doações, foram trazidos para Bahia muito kits de material escolar, kits de higiene bucal, livros de contos infantis, que serão entregues tanto para os moradores de Canudos Velho como na Fazenda.

 

Os atendimentos na Fazenda Chora Menino serão realizados nesta segunda-feira, 1º de julho, a partir das 9 horas.

Share on Facebook
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procurar por tags
Arquivo
Please reload